quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Lançamento: 90 Anos Antes - Série Renascer - Márcia Abreu

Atualmente peguei o gosto por divulgar lançamentos de autores nacionais e a bola da vez é o primeiro livro da autora Márcia Abreu - 90 Anos Antes - Série Renascer.

O lançamento está programado para o dia 11/09/2012.
Eu sei, a data é irônica, mas não tem nada a ver com um atentado terrorista. (Eu acho, kkkk!)


Sinopse: Em 90 Anos Antes, primeiro livro da Série Renascer, David Andrews conta toda sua vida, desde a sua transformação de um simples mortal para um vampiro, até os dias atuais, dias estes marcados pelo reencontro com Elise.
David se apaixona por Elizabeth Evans, uma vampira, que encontrou na floresta. Apaixonados, iriam se casar, mas em 1901, quando um vingativo e inesperado desafeto de Elizabeth a reencontra, astuciosamente consegue atraí-la para a mesma floresta, matando-a, e queimando seu corpo.
90 anos de completa agonia se passaram na vida do imortal David Andrews. Vivendo em um total desinteresse por tudo e por todos, e se sentindo como um verdadeiro vampiro.
Nem completamente vivo…  E completamente morto!
 Até que, uma noite, por ironia do destino que lhe prega uma peça, coloca novamente Elizabeth em sua “vida”, reencarnada na pele de outra mulher, Elise.

Data de Lançamento: 11/09/2012
Horas: 17:30
Local: Livraria Travessa - 7 de Setembro
Rua 7 de Setembro, 54 - Centro - Rio de Janeiro
Tel: (21) 3231-8015


Book Trailer


Site da Autora:  http://www.marciaabreu.com
Então se vocês estiverem no Rio de Janeiro, deem uma passada lá e prestigiem a autora.

terça-feira, 21 de agosto de 2012

(Sorteio) Marcadores e afins


Oi! Como já tinha falado pelo Facebook, decidi juntar todos os brindes que ganhei a mais na Bienal e fazer um sorteio.

Preparei três kits. Um bem recheado e dois mais simplórios.

Kit Recheado - Contém: 

1 marcador Guardians - Luciane Rangel
1 marcador Fábulas ao Anoitecer - Georgette Silen
1 marcador Kiara - Georgette Silen
1 marcador Ser Clara - Janaína Rico
1 marcador Meu Everest - Luciano Pires
1 adesivo Guardians - Luciane Rangel
1 adesivo Fábulas ao Anoitecer - Georgette Silen
1 livreto - Brahnac - A Terra Mágica  - Cátia Isotton Nachbar (Com o prólogo e 1º capítulo).

Kits para o segundo e terceiro lugar. 

1 adesivo Guardians - Luciane Rangel
1 marcador Guardians - Luciane Rangel
1 marcador Ser Clara - Janaína Rico
1 marcador Meu Everest - Luciano Pires

O sorteio será realizado dia 02/09/2012





ATENÇÃO: Para concorrer é necessário seguir o blog e comentar no post com seu nome e a frase vou participar.

Boa Sorte!

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Editoras: Um caso de... Ódio mesmo!

Minha irmã mais velha sempre diz que eu tenho que parar de dizer que odeio editoras. Especialmente agora porque fechei com uma.
Mas como eu posso elogiar, se vira e mexe aparece uma que, infelizmente tem um dono brucutu.

Na última sexta-feira dia 17/08 a autora Luciane Rangel foi humilhada pelo dono da Editora Baraúna.
Ela estava na Bienal para promover seus livros em dois estandes: Caverna do Dragão e Vermelho Marinho.

Para quem não sabe, nós, autores independentes somos como uma família. Sempre tentando prestigiar o colega ao lado (É claro que de vez em quando aparece um querendo causar, mas é raro).

Então no dia 17 a Luciane foi até o estande da Baraúna prestigiar alguns autores com quem ela tem amizade. Quando eu digo prestigiar, é comprado os livros. Em outras palavras, como cliente. O problema é que o dono da Baraúna viu a credencial da Luciane onde  dizia: Editora Lexia - Escritora. E como ele não olhou direito, pensou que a Luciane estava lá no estande abordando os autores dele.

Quando a Luciane contou o ocorrido no Facebook, eu pensei que o homem deu piti  no estande da Baraúna, mas não, ele a seguiu até o estande onde a Luciane estava expondo seus livros para confrontá-la.
Para entender melhor leiam sobre o ocorrido no link abaixo:

http://www.livro-guardians.blogspot.com.br/2012/08/um-lamentavel-fato-envolvendo-editora.html

Agora minha opinião:

Eu sou um pouco lenta e não tenho formação acadêmica, mas se eu fosse dona de editora e não quisesse perder meus autores, eu faria o possível e impossível para deixá-los satisfeitos. Assim eles não iriam para outra.
E mesmo que aparecesse algum concorrente no estande da minha editora, eu ficaria numa boa, pois sei que faço meu melhor e jamais seguiria o concorrente Bienal a fora.
Se o dono ficou com medo é porque algo ele anda fazendo de errado. Pois como diz minha cunhada "Quem tem c* tem medo".
E tem mais: Se o concorrente quiser roubar os autores da outra, nunca irá com uma credencial pendurada no pescoço, fará de forma discreta. Como enviando um email.

Outra coisa: Ando vendo comentários por aí chamando a Baraúna de: Editorazinha e sem o uso de aspas.
Editorazinha, ela não é. Tem gente que trabalha lá que tem talento. Eu pago o maior pau para as capas.
Comprei na terça-feira um livro da editora e pelo que vi a diagramação é boa e a qualidade do papel também. Só não posso opinar a respeito da revisão, porque ainda não terminei de ler o livro.

A editora também tem autores muito talentosos. tanto que conheci duas outras autoras na Bienal e em breve vou comprar seus livros.
O único zinho nessa história é o dono, que pisou feio na bola

Espero sinceramente que os autores não sejam prejudicados. Eles não tem culpa se o dono é um brucutu.
Eles, assim como eu, estão batalhando pelo seu lugar ao sol, e merecem ser prestigiados. Eles, não o dono.

A respeito do meu ódio por editoras. Um dia talvez eu pare.
Fechei com a Editora APED e sou muito grata. Afinal, ela apareceu num momento em que eu já havia perdido as esperanças. Passei três anos ouvindo recusas ou até aceitações, mas com a condição de que a trama seja alterada.

E Luciane, não ligue para o brucutu. Ele não vale a pena.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

(Resenha) Para Sempre - Os Imortais - Livro I - Alyson Noël


Sinopse: Ever Bloom tinha uma vida perfeita: era uma garota popular, acabara de se tornar líder de torcida do principal time da escola e morava numa casa maravilhosa, com o pai, a mãe, uma irmãzinha e a cadela Buttercup. Nada no mundo parecia capaz de interferir em sua felicidade, o céu era o limite! Até que um desastre de automóvel transformou tudo em um pesadelo angustiante. Ever perdeu toda a sua família. Mudou de cidade, de escola, de amigos, e agora, além de todas essas transformações em sua vida, ela precisa aprender a conviver com uma realidade insuportável: após o acidente, ela adquiriu dons especiais. Ever enxerga a aura das outras pessoas, pode ouvir seus pensamentos e, com um simples toque, é capaz de conhecer a vida inteira de alguém. É insuportável. Ela foge do contato humano, esconde-se sob um capuz e não tira dos ouvidos os fones do i-pod, cujo som alto encobre o som das mentes a seu redor. Até que surge Damen. Tudo parece cessar quando ele se aproxima. Só ele consegue calar as vozes que a perturbam tão intensamente. Ever não entende o porquê disso, mas é incapaz de resistir à paz que ele lhe proporciona, à sensação de, novamente, ser uma pessoa normal. Ela não faz ideia de quem ou o quê Damen realmente é. Sua única certeza é estar cada vez mais envolvida... e apaixonada.

Resenha: 

Este foi um livro que me surpreendeu e ao mesmo tempo me frustrou. Me surpreendi porque sempre ouvi falar que ele era um livro sobre vampiros. Sério! Ou o povo não sabe a diferença entre imortal e vampiro? Ou não entendem o que leem?

"Para Sempre" não é um livro sobre vampiros. Ele apenas aborda a imortalidade de uma nova perspectiva (E foi uma das partes que mais gostei)
Agora o que me frustrou e por isso só vou dar 3 estrelas lá no Skoob. É que novamente vemos uma adolescente besta que se apaixona pelo cara mais perfeito, lindo, rico e cobiçado da escola. E por um motivo inexplicável é correspondida.

Agora vou fazer um desabafo:

Todas as vezes que leio um livro com essa temática, eu fico me perguntando: Será que nós mulheres somos tão fúteis?
Eu me pergunto isso desde que fui obrigada pelas minhas leitoras a criar o Vincent. Como elas não gostavam do Paul, elas imploraram para que o Ex da Grace fosse um arraso. E para agradá-las obedeci, mas o Vincent é o personagem que criei que menos gosto.

Como mulher eu posso dizer (Se bem que sou uma mulher esquisita). Eu prefiro um cara meia boca com quem eu possa ter objetivos, gostos e papos em comum, do que um cara 100% perfeito e sem nada para conversar.
Vocês devem estar pensando "Então quer dizer que você nunca ficou babando por um homem lindo?" Claro que já, mas nunca me apaixonei ou fiquei tendo fantasias de contos de fadas.

Agora vamos a história:

Ever perdeu a família num acidente de carro e foi a única sobrevivente. Mas após sobreviver milagrosamente, ela desenvolve poderes paranormais. Com isso ela deixa de ser a garota popular e passa a ser a antissocial da escola.

Não sei porque, mas eu senti que a autora forçou a barra. Ela tenta fazer de tudo para que o leitor sinta dó da Ever, mas causa o efeito contrário (Ao menos pra mim), a menina é muito besta.

A vida de Ever só melhora quando Damen, o aluno novo entra na parada. É paixão a primeira vista.
O cara é lindo e misterioso. Faz truques de mágica e nunca come. Só bebe um líquido esquisito que ele carrega numa garrafa.

Apesar dos mistérios que cercam Damen, o romance dele com Ever vei fluindo bem, até a chegada de Drina, uma mulher tão linda quanto Damen. Os dois tiveram um rolo no passado e agora Drina o quer de volta.

O livro é bem adolescente. Tem triangulo amoroso, não há um núcleo adulto e o pano de fundo é uma escola.
"Para Sempre" só não é melhor porque o casalzinho central é sem graça. O que faz a trama fluir são os personagens secundários como: Ava, uma vidente que tenta ajudar Ever, Riley, a irmã caçula de Ever, que sempre faz uma visitinha. (Ela é o gasparzinho da história) e Drina, a vilã que dá um show.

sábado, 4 de agosto de 2012

Almas - Volume I

Finalmente vou saciar a curiosidade de alguns leitores.
Estou disponibilizando no Bookess os primeiros 7 capítulos (Gratuitamente) do meu novo projeto - Almas
Assim como Lua Escarlate, Almas é uma trilogia e também é no campo sobrenatural. Adoro esse tipo de tema, me sinto mais a vontade.
Mas antes de começarem a ler um aviso:

Almas tem uma trama um pouco pesada. Não tem muitas piadas como em Lua Escarlate, mas acredito que vai agradar o público.
Dentro do livro vamos ter o consumo de drogas, agressões físicas, inveja, suicídio e o tema vender a alma ao diabo.
Tentei fazer uma mistura entre o filme Constantine e a Série de Tv. Supernatural. Espero ter conseguido.


Sinopse: Susan acabou de se formar na universidade. Aos 21 anos e recém-formada, ela está cheia de planos. Mas na manhã seguinte a sua festa de formatura, ela recebe a notícia que sua irmã mais velha morrera.
No início Susan pensa que ela sofrera um acidente, assim como a mãe das duas, que morrera atropelada. Mas não, sua irmã tirou a própria vida.
Susan não acredita. Ela está convencida que a irmã seria incapaz de tal ato. Então ela parte para uma investigação, que não só revelará a verdade, mas irá jogá-la no meio de uma disputa que se iniciou há mais de seis mil anos.


Se vocês gostarem, mandem comentários via Bookess, Email, Twitter ou Facebook.
Em breve vou disponibilizar mais capítulos.