domingo, 13 de julho de 2014

Livros e Livros... Eu Adoro!!

Vida de bookaholic é ter uma fila sem fim de livros para ler e não feliz com isso, acrescenta mais alguns.

Bem, acabei de acrescentar mais quatro a pilha. Agora tenho 58 livros esperando  para sair do purgatório.

Vamos aos novos membros da família:

O Lado Bom da Vida – Matthew Quick


Vi em promoção no Submarino e comprei. Como já vi o filme várias vezes, hora de ler o livro.

A Garota Que Perseguiu A Lua – Sarah Addison Allen


Esse é um livro um pouco difícil de achar online, então, quando o vi numa livraria e pelo valor de 22, 90 – Comprei!

Como Eu Era Antes de Você – Jojo Moyes


Esse também foi comprado numa livraria. Coisa rara, já que gosto de comprar online. E esse veio com um brinde, o marcador. A moça da livraria disse “Chacoalha o cesto com os marcadores que você acha o do livro” e eu achei! =)

E para terminar... Rei Lear – William Shakespeare – Ed. Bolso


Encontrei em promoção na Saraiva e como li Otelo e gostei, e o mais importante... Entendi a linguagem do livro. Decidi comprar este. Vamos ver se ele é tão bom quanto o primeiro.

Olha só todos eles juntinhos.




Agora vou embora. Preciso terminar de ler Liberta-me. O coitadinho tá esperando ser terminado e até agora, nada =(

(Resenha) Deslembrança - Cat Patrick



Sinopse: Toda a noite, quando London Lane recosta a cabeça no travesseiro e dorme, cada mínimo detalhe do dia que viveu desapareceu de sua memória.
Pela manhã, restam-lhe apenas lembranças do futuro: Pessoas e acontecimentos que ainda estão por vir. Para conseguir manter uma rotina minimamente normal, London escreve bilhetes para si própria e recorre a sempre fiel melhor amiga. Já acostumada a tudo isso, ela tenta encarar a perda de memória mais como uma fatalidade que como uma limitação. Mas, quando imagens perturbadoras começam a surgir em suas lembranças e London precisa, de algum modo, escapar delas, fica claro que para entender o presente e o futuro ela terá que decifrar o que ficou esquecido no passado.

Resenha:

Este é mais um livro que me deixou confusa, na verdade, ele causou uma avalanche de sentimentos estranhos.
Primeiro, devo alertar, que apesar da trama confusa, a leitura flui bem e aos poucos as coisas começam a fazer sentido.

Vou tentar falar um pouco sobre a trama... London é uma adolescente, com uma “doença” ou problema de memória um pouco anormal. Enquanto ela dorme suas lembranças do passado e do dia se apagam e restam apenas as do futuro.
Para que fique mais claro, vou comparar o livro ao filme “Como se Fosse a Primeira Vez” com a Drew Barrymore e o Adam Sandler. London é como a personagem da Drew Barrymore, mas com poderes de clarividência. Acho que deu pra entender.

Apesar do dom bizarro, London tenta levar uma vida normal, vai para o colégio, aguenta a amiga chata, problemática e galinha, tem um namorado bacana e uma mãe dedicada.

Mas, quando ela começa a ver imagens de um suposto enterro, no qual está ela e a mãe. London faz de tudo para descobrir de quem é o tal enterro. Vou parar por aqui, senão vou soltar algum spoiler.

Agora vamos ao momento “Tô revoltada!”

O livro é muito bom, mas acaba deixando verdadeiros buracos negros. É sério! Você fica, mas e agora? Ele vai aparecer ou não? Tal personagem vai morrer mesmo? E você fica sem essas respostas, enlouquece e tenta arrancar todos os cabelos.

Agora vem a pior parte: Segundo a autora, o livro não tem continuação. Como assim? Não consigo entender certos autores. Uns escrevem o livro dão um final todo certinho, sem lacunas, mas o dito cujo tem continuação. Enquanto outros deixam crateras, e não tem nem um continho... Sacanagem!

Estou me sentindo igual quando sai do cinema após ver Thor 2. Vi a cena final antes dos créditos, depois da bendita eu e o meu amigo dissemos... Lascou!! Mas pelo menos acho que Thor vai ter continuação.

Mas apesar das lacunas, o livro é muito bom.

(Resenha) Insônia - Mari Scott - Série Nefilins



Sinopse: A vida de uma adolescente de 17 anos não devia ser tão complicada: Casa, escola, festas. Seus piores temores deveriam se resumir a não estar no peso adequado ou embarcar em um relacionamento com algum rapaz rebelde, do tipo que nenhum pai aprovaria. Esses dilemas era tudo que ela almejava – Uma existência descomplicada.

No entanto, Suzanna não pode negar a sucessão de acontecimentos obscuros que acercam sua vida, há alguns anos perdera os pais em um trágico acidente, no qual mal se recorda.
Desde então, a jovem sofre de insônia, como se fosse um estigma.

Na sua busca por respostas. Mais um enigma se apresenta, a presença de dois rapazes, que frequentemente materializam-se em sua vida. Os dois são absolutamente lindos e parecem perdidamente apaixonados por ela, porém ambos guardam um segredo capaz de abalar as estruturas do mundo meticuloso montado por Suzanna, lançando-a em direção a uma verdade avassaladora.

O tempo de escolher logo se aproxima. E o preço a se cobrar por uma decisão equivocada, resultará em muito mais do que apenas um coração partido. Acarretando na destruição de vidas inocentes.


Resenha:

Não sei porque, mas sinto que minha cabeça irá rolar do meu pescoço. Hora de respirar... Vamos lá.

Este foi um livro muito aguardado. Não pensem que ele demorou para ser lançado, nada disso. A novela foi a seguinte: Comprei o livro direto com a editora e tive que esperar dois meses para o bonitinho ser entregue. Mas ele foi e é isso que importa.

No ano passado conheci o trabalho da autora Mari Scott. Como adorei seu livro Híbrida, decidi ler seu outro livro Insônia.

Se a Mari me perguntasse “Qual dos dois você mais gostou?” Ou “Qual é o seu favorito? Minha resposta é: Híbrida.
Mil perdões, mas Insônia não caiu no meu gosto. A verdade seja dita, eu sou chata.

Infelizmente, a trama tem todos os elementos que eu não curto, triângulo amoroso, a protagonista é chata e o desfecho foi um pouco previsível.

Não vou negar, a trama tem muitos mistérios e que são bem colocados, aguçam a sua curiosidade. O problema foi a protagonista. Enquanto a Ellene de Híbrida, faz de tudo para descobrir suas origens e até vai de penetra numa festa. Suzanna é uma adolescente movida por seus hormônios em fúria. É só o namorado gostoso dar uns beijinhos na garota, para a bendita ficar toda derretida e esquecer que precisa descobrir os mistérios que cercam a morte de seus pais.

Confesso que a parte mais legal, foi quando Arthur dá um puxão de orelha em Suzanna, justamente, dizendo para ela não dar tantos ouvidos aos seus hormônios.

Pensei que depois disso as coisas iam deslanchar, mas Suzanna é feita de boba. Parece um saco de batata sendo jogado de cá pra lá. É claro que o livro termina num momento crucial, que deixa você com a pergunta “E agora?”.

E como sempre digo: Não é porque não curti, que não recomendo. Outro leitor pode pescar algo que deixei passar ou gostar muito da protagonista. 

sábado, 5 de julho de 2014

Novidades... Muitas Novidades

Olá!! Depois de quase um mês, estou dando as caras.

Tá difícil de manter o blog atualizado. Não é por falta de leitura. Tenho 3 livros lidos e que ainda não receberam suas resenhas, fora dois filmes.

O motivo da minha ausência é porque estou escrevendo três livros ao mesmo tempo. Eu sei, parece loucura, mas eu sou louca por natureza. 

O lado positivo nisso tudo é que A Chave Mestra - Luz Negra - Livro II já está quase pronto, na verdade, ele já está. Ontem enviei uma cópia para os meus leitores beta, e agora é só esperar pelas suas dicas, e o que devo consertar.

Outra novidade é que o livro já tem uma data de lançamento 05/12/2014. E estará disponível nos sites Amazon (E-Book) e Clube de Autores (Versão Impressa).
E não pensem que acabou, tenho mais novidades. 
Agora tenho um site, sim. É claro que ele levou uma semana para ficar pronto, mas acho que o bichinho ficou bacana.

E para aproveitar o dia para novidades, vou deixar o link do site,uma imagem, sinopse de Luz Negra e a capa frontal e completa ou aberta.




Capa - Luz Negra (A Chave Mestra)


Sinopse: Hayley está retornando a Eliyah, o mundo mágico que deixou para trás há dez anos. E este retorno tem apenas um propósito – Resgatar Tristan - , mas o que Hayley vai descobrir, é que às vezes o destino pouco se importa com seus planos, e que nem tudo que acreditamos e sabemos é verdade. Diversas surpresas se apresentam em seu caminho e ela apenas pode contar com seu primo/guarda-costas Ian, que além de protegê-la, terá a missão de mostrá-la o que realmente importa.


Capa Aberta



Espero que as novidades tenham agradado vocês.
Beijos!!