segunda-feira, 31 de agosto de 2015

(Resenha) Criança 44 + O Discurso Secreto


Sinopse – Criança 44: Tom Rob Smith leva o leitor à opressora Rússia de Stalin. Quando o corpo de um menino é encontrado sobre os trilhos de uma ferrovia, o agente Liev Demidov se surpreende ao saber que a família do garoto está convencida de que se trata de assassinato. Os superiores do oficial lhe dão ordens de ignorar o assunto, mas ele está determinado a encontrar a verdade por trás do terrível crime.

Sinopse – O Discurso Secreto: Na União Soviética pós Stálin, um discurso de seu sucessor Nikita Kruschov marca o período em que as brutalidades do regime stalinista começam a ser amplamente condenadas. Liev Demidov, ex-agente de segurança do Estado, vê-se confrontando pelos erros de seu passado. De suas próprias filhas adotivas, cujos pais biológicos foram mortos por ordem de Liev, à líder de gangue Fraera, cujo marido foi aprisionado em um gulag, personagens afetados por suas atividades profissionais vêm obrigá-lo a prestar contas sobre o seu envolvimento político.

Resenha:
Olá, povão! Depois de um mês de férias o blog vai voltar a ativa. E para comemorar uma resenha dupla... “Criança 44” e “O Discurso Secreto” do autor Tom Rob Smith.
Os dois livros estavam abandonados na minha pilha de livros. Diversas vezes ficava olhando e pensando se deveria ler, então, um dia criei coragem.
Logo no primeiro capítulo de “Criança 44” vemos uma cena forte. Daquela que abala o seu sistema nervoso. Apenas com tal cena vi que o autor pegaria pesado.
A trama se passa na URSS após o término da 2ª Guerra Mundial. Onde a lei é imposta a população de forma cruel. O livro todo é uma grande aula de História, o que deixa a leitura muito mais rica.
Em Criança 44 nos deparamos com Liev, um investigador da MGB, que defende o sistema com unhas e dentes. Para ele os fins justificam os meios até que após a perseguição e captura de um fugitivo, Liev começa a questionar se tudo é o que parece ser. E por essa razão ele decide investigar uma série de assassinatos suspeitos. O que não será fácil, já que o sistema camufla tais crimes. O sistema comunista é “perfeito” e admitir que existem assassinatos pode significar o fim.
Antes de começar a ler os livros li diversas resenhas, e quase todas reclamam que a trama é muito parada. Confesso que os livros são cheios de detalhes e que a trama é complexa. A sinopse é um pouco engana trouxa, o que dificulta um pouco. Mas conforme você vai avançando na leitura percebe que a sinopse não é tão ruim assim. O problema, creio eu, é que quando as pessoas leem o livro esperam uma trama com um quê de Hollywood. Ação desde o início, e não é o que acontece.
O personagem principal passa por diversas mudanças em sua vida, profissional e pessoal. Existe o desejo de investigar os crimes, mas o sistema sempre fica em seu caminho. O que torna tudo um pouco mais lento. Mas nem por isso os livros deixam a desejar.
“O Discurso Secreto” a continuação, já parte para o lado negro do passado de Liev, e de todos que trabalharam para a MGB. O país está sofrendo mudanças. Uma parte do governo quer consertar os erros e admitir que o sistema exagerou, mas há os que se opõem e que não querem que a população fique sabendo. E para isso, são capazes até de se unirem a criminosos.
O segundo livro é tão bom quanto o primeiro. É claro que alguns personagens chegam a irritar. Sim, estou falando de Zoia. Não consegui admirá-la. Eu sei que a menina passou maus bocados e está sendo criada por um dos homens que mataram seus pais. Porém, suas decisões são de uma menina egoísta, que não se importa com a irmã.
A trama é novamente recheada de detalhes históricos, o que adoro.
Para quem procura uma boa trama de ação, suspense, intrigas políticas e que mostra o lado podre da humanidade... “Criança 44” e “O Discurso Secreto” são uma boa pedida.
Ah! E ainda volto nesta semana com mais resenhas e novidades. Fui!

SKOOB - Criança 44

SKOOB - O Discurso Secreto

Nenhum comentário:

Postar um comentário