domingo, 17 de fevereiro de 2013

(Resenha) A Canção do Súcubo - Richelle Mead



Sinopse Retirada da Saraiva - Motivo? O do Skoob entrega alguns detalhes importantes, que dão graça ao livro.

O nome de Richelle Mead hoje está na boca de todos os leitores de romances sobrenaturais. Ela é a autora da conhecida série Academia de Vampiros e faz parte da coletânea Imortal - Histórias de Amor Eterno (Planeta). Agora, passa a integrar Essência, o selo feminino da Planeta, com uma história sensual e aterrorizante. A Canção do Súcubo não é apenas uma história de fantasia. Longe disso. Neste romance mais do que inusitado, onde demônios, vampiros e anjos caídos convivem com mortais, a autora surpreende com o vigor de sua imaginação. No centro da história, está Georgina Kindcaid, uma mulher que é não apenas poderosa, mas glamourosa. Ela tem todos os homens a seus pés, mas não pode ter o único homem que deseja. Se ela ceder aos seus impulsos, pode levar seu amado à morte. Mas como resistir a Seth Mortensen, seu escritor favorito, que o destino colocou no seu caminho? O mundo de um súcubo pode parecer um inferno para quem vê de fora, mas na verdade é delicioso para quem se deixa levar. Toda mulher tem seu lado súcubo.

Resenha: 


Sempre achei a autora Richelle Mead meio pirada, mas agora tenho certeza absoluta. A mulher é doida de pedra e criativa.
“ A Canção do Súcubo” nos brinda mais uma vez com cenas cômicas, personagens inusitados e homens de tirar o fôlego.


Sério! Além de dar características sensuais aos seus homens, ela os recheia de personalidade.
Vejo um bando de leitoras se derretendo por Christian Grey, Edward Cullen, Patch entre outros. Mas eu sou mais Dimitri Belikov e Christian Ozera e agora adiciono a lista Roman e Seth.
Em “A Canção do Súcubo” vemos anjos, demônios, duendes e é claro, um súcubo chamado Georgina Kincaid, convivendo numa sociedade alternativa em meio aos humanos.

Georgina é um espécie de “Super herói”. Durante o dia trabalha numa livraria e a noite faz seu trabalho de súcubo seduzindo homens ou oferecendo seus atributos para ajudar velhos amigos.
Mas esse mundo aparentemente calmo, sofre uma reviravolta, quando um serial killer começa a matar membros da comunidade fantástica. E detalhe, Georgina é a principal suspeita. Além de suspeitas, Georgina se vê as voltas com dois homens pra lá de... gostosos. Roman e Seth.

O livro é recheado de mistério, mais uma característica da autora, que deixa diversas pistas que vão mexendo com a sua cabeça. Enquanto você lê sua mente de detetive vai trabalhando, até no fim te deixar de queixo caído.

Agora é hora de correr atrás da continuação. Esse é o problema quando se lê livros dessa mulher... Você fica ansiosa pela continuação.


2 comentários:

  1. Tenho muita vontade de ler logo este livro, só estou esperando finalizar a troca com uma amiga. Parece muito bom... Tá cheia de amores literários ein?? Ótima resenha!
    Obrigado por comentar no meu blog.
    Beijos
    Gabriel - Corações de Neve

    ResponderExcluir
  2. Nossa! A história parece ser boa. A resenha me despertou para a futura leitura. Eu quero esse livro. Adorei!

    ResponderExcluir