quinta-feira, 11 de abril de 2013

(Resenha) Filme - As Palavras



Elenco: Bradley Cooper, Jeremy Irons, Dennis Quaid, Olivia Wilde, Zoë Saldana e Ben Barnes.
Ano: 2012
Titulo Original: The Words
Sinopse: Rory Jansen (Bradley Cooper) é casado com Dora (Zoe Saldana) e trabalha em uma editora de livros. Ele sonha em publicar seu próprio livro, mas a cada nova tentativa se convence mais de que não é capaz de escrever algo realmente bom. Um dia, em uma pequena loja de antiguidades, ele encontra uma pasta com várias folhas amareladas. Rory começa a ler e logo não consegue tirar a história da cabeça. Logo ele resolve transcrevê-la para o computador, palavra por palavra, e a apresenta como se fosse seu livro. O texto é publicado e Rory se torna um sucesso de vendas. Entretanto, tudo muda quando ele conhece um senhor (Jeremy Irons) que lhe conta a verdade por trás do texto encontrado.

Resenha:

Essa é a primeira resenha de filme que faço, espero que não fique uma titica.
Por incrível que pareça, o filme em questão tem tudo a ver com literatura e a vida de cão que um escritor passa.

Em "As Palavras" vemos Rory Jansen, um jovem recém formado e aspirante a escritor. Como todo o bom aspirante, Rory vive quebrado e pedindo dinheiro a sei pai , que não apoia muito seu trabalho e quer que o filho encontre um emprego de verdade, um que pague as contas e deixe o trabalho de escritor de lado.

Mas Rory não se abate, ele continua tentando, tentando, tentando e tenta mais um pouco. Até começa a trabalhar numa editora para conseguir contatos. Um belo dia, ele finalmente consegue marcar uma reunião com um editor. Era tudo que ele sonhava, ver seu trabalho reconhecido. Durante a reunião, o editor diz que ele é talentoso, tem paixão, mas que o mercado editorial não está muito bem das pernas e que sua história não poderá ser publicada.

Tem uma cena no filme que me pareceu tão familiar. Cartas e mais cartas recusando seu manuscrito, ou o maldito silêncio, que é pior ainda.
Então, um belo dia, Rory está arrumando algumas folhas numa velha pasta que ele ganhou da esposa, durante sua lua de mel, e eis que o "milagre" acontece. Rory encontra um manuscrito velho, com uma história emocionante. No começo ele sente raiva da história, pois quem quer que tenha escrito, é ou foi mil vezes melhor do que ele jamais seria.
E o que ele faz? Se apodera do manuscrito e publica a história com sendo sua. Resultado... O livro vira sucesso e ele é considerado um excelente escritor e até ganha prêmios. E é no meio de todo o sucesso, que surge um senhor de idade (O verdadeiro autor do livro).

"As Palavras" emociona não só pela história dos personagens, mas pelo detalhe de ser um filme que conta a história de um livro, dentro de outro e de outro. Só vendo para entender.

Mas atenção, o filme não está nos cinemas e nem vai. Provavelmente ele chegue direto em DVD, pelo que me contaram no mês de Junho. Por enquanto só dá para assistir online.

Trailer do filme:






2 comentários:

  1. Gente... achei esse filme bem bacana! A ideia dele é plausível. Amei amei! Vou assistir online. Me manda o link por inbox no face, Cat? Ótima resenha. Beijo

    ResponderExcluir
  2. Catalina, descobri que vc é muuuito malvada!!!! O q é isso?? Justo comigo que adoro filmes com protagonistas escritores. Fiquei querendo assistir. A sua resenha está maravilhosa e não ficou uma titica , não. hehehe
    Nossa, ele pegar o manuscrito do outro, acho que essa parte em que o dono aparece deve seu o clímax do filme, hein? Quero ver!!!
    Beijos de segunda para começar a semana bem!

    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir