sábado, 9 de novembro de 2013

(Resenha) Fortaleza Digital - Dan Brown



Sinopse: Em Fortaleza Digital, Dan Brown mergulha no intrigante universo dos serviços de informação e ambienta sua história na ultra-secreta e multibilionária NSA, a Agência de Segurança Nacional americana, mais poderosa do que a CIA ou qualquer outra organização de inteligência do mundo.
Quando o supercomputador da NSA, até então considerado uma arma invencível para decodificar mensagens terroristas transmitidas pela Internet, se depara com um código que não pode ser quebrado, a agência recorre à sua mais brilhante criptografa, a bela matemática Susan Fletcher.
Presa numa teia de segredos e mentiras, sem saber em quem confiar, Susan precisa encontrar a chave do engenhoso código para evitar o maior desastre da história da inteligência americana e para salvar a sua vida e a do homem que ama.

Resenha:

Sei que muita gente não gosta do Dan Brown, principalmente após ele tocar num assunto delicado como a fé das pessoas no seu famoso “O Código Da Vinci”
O curioso é que foi justamente esse livro que me apresentou ao trabalho dele. Aqui em casa temos todos os livros do autor e apesar da minha família ser católica, adoramos o Dan Brown.

Poderia ter lido qualquer livro após “O Código Da Vinci”, mas acabei optando pelo “Fortaleza Digital”.

Apesar do livro ter sido publicado em 1998, o tema espionagem cibernética, que é abordado no livro, nunca foi tão atual. Já que neste ano vimos vários chefes de estado com suas contas de e-mail invadidas.

Em “Fortaleza Digital” nos deparamos com a NSA, uma agência riquíssima especializada em quebrar códigos, xeretar o e-mail alheio e salvar o mundo de ataques terroristas, no melhor estilo americano patriótico.

Um dos segredos da NSA é um aparelho chamado TRANSLTR, capaz de quebrar qualquer código em até três horas, no máximo.
Por ser uma agência xereta, a NSA tem diversos inimigos, que desejam expor ao público que suas correspondências eletrônicas são invadidas.

E é aí que entra Ensei Tankado, ex-funcionário da NSA, que criou um código inquebrável e se for vendido para grandes empresas ou ditadores será o fim da NSA.
Ao ver a ameaça, o comandante Trevor Strathmore recruta sua mais brilhante criptografa a ajudá-lo a encontrar a chave que pode parar o Fortaleza Digital. Já que Tankado morreu em circunstâncias suspeitas e seu parceiro de crime North Dakota está a solta e provavelmente se preparando para vender o Fortaleza Digital ao primeiro que oferecer mais dinheiro.

Como já é da característica do autor temos um assassino altamente perigoso, intrigas, perseguições, uma viagem até a Espanha e alguns bodes expiatório. E é claro, o vilão que nem sempre é aquele que imaginávamos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário