terça-feira, 1 de abril de 2014

(Resenha) Versos Sombrios - Bianca Carvalho



Sinopse: A segunda carta de Lolla Dewitt é revelada, com seu último desejo para Cailey Dewitt.
Cailey tem o dom das palavras. Ela é capaz de se conectar com histórias de pessoas e transformá-las em poesias. Porém, seu dom pode se tornar um pouco mais obscuro que isso.
Sua avó, Lolla, pede que ela envie uma de suas belas poesias a Jayce Hermandez, um detetive amargurado, que perdeu a mulher amada e se afundou em escuridão.
E Jayce logo tem a oportunidade de retribuir, pois Cailey se vê perseguida por um assassino, obcecado por suas poesias, e que a leva a se envolver em uma trama de segredos que podem mudar sua vida definitivamente.


Resenha:

Aguardei com ansiedade este livro. No ano passado li o 1º volume da Trilogia das Cartas – Jardim de Escuridão, e passei ótimas horas de romance com toques de suspense.
E com Versos Sombrios não foi diferente. Achei a trama mais obscura. O que foi bacana. Adoro ver um autor amadurecendo sua escrita e levando seus personagens a outro nível.

Versos Sombrios começa com o momento mais esperado por Cailey, a carta de sua avó Lolla, com instruções que podem levá-la a um “final feliz”. Mas sendo chata e imatura como é, Cailey não fica feliz com a carta. As instruções de Lolla são para que a neta use seu dom da poesia e envie uma para Jayce, um policial que perdeu a namorada recentemente, e que culpa a irmã de Cailey pelo ocorrido, já que no primeiro volume Faith prevê a morte da moça.

Mesmo a contra gosto, Cailey envia a poesia, que ajuda Jayce a sair da depressão e retorne seu trabalho.
Jayce fica tão agradecido pela ajuda, que promete proteger Cailey. E como num passe de mágica ou uma coincidência sinistra, Jayce tem a oportunidade de cumprir com sua promessa.

Tanto ele quanto Cailey acabam se envolvendo no mesmo caso “O poeta sombrio”. Um cara doido que comprou um buquê de flores da irmã de Cailey e junto com o buquê recebeu uma poesia que deveria ajudá-lo a esquecer um amor não correspondido, mas que causa o efeito contrário. O cara decide matar a mulher que amava e passa a perseguir Cailey, pois a considera sua alma gêmea, já que ambos possuem o dom de tocar as pessoas com suas poesias.

Como disse no início da resenha, o livro tem muito mais suspense e cenas mais sombrias. Dessa vez tive que quebrar mais a cachola para descobrir quem era o assassino.


Nenhum comentário:

Postar um comentário