terça-feira, 27 de dezembro de 2011

(Resenha) O Diário de Emily Christine


Sinopse:
Depois de receber inumeras cartas anônimas, e ter sua irmã sequestrada. Emily é obrigada a correr contra o tempo, para salvar sua familia, e desvendar os segredos que rondam o seu nascimento.

Quando escolho um livro sempre sigo os seguintes passos: Leio o nome, a sinopse e se tiver, algumas resenhas. Nunca escolho um livro pela capa ou por ser escrito por alguém famoso. O único livro que já li de um escritor/apresentador/celebridade foi  "O Xangô de Baker Street" do Jô Soares, e só li porque vários amigos meus elogiaram.
Há três semanas estava navegando pelo site Clube de Autores vendo alguns livros, quando o nome de um chamou minha atenção.
Li a sinopse e comprei o livro "O Diário de Emily Christine da Luana Ciriaco.

A história é narrada pela protagonista Emily, uma adolescente de 15 anos, que mora com os pais e a irmã Sabrina. Emily é a típica adolescente que eu não fui. Nunca gostei do cara mais lindo da escola e não quis uma festa de 15 anos. O único detalhe que gostei em Emily foi o amor dela pela família.
O mundo de Emily começa a mudar quando no dia de seu aniversário, ela recebe uma carta anônima, e depois mais outra e outra. Então no dia em que ela vau a uma festa na escola, ela recebe uma ligação de irmã, mas não dá muita importância. Mal sabia que ao chegar em casa, ela descobriria que a irmã fora sequestrada.
É aí que a história começa a ficar legal. Telefonemas anônimos, pistas dadas pelo sequestrador e Emily jogada no meio de tudo isso.

O livro é muito bom e recomendo. Mas nem tudo é um mar de rosas. A autora cometeu três deslizes. Se eles não existissem a história seria perfeita.
Não gosto de puxar a orelha de outros escritores, pois apesar de ser também uma, não analiso o livro como escritora e sim, como leitora. E como eu vi que a Luana leva jeito para o suspense, vou dar umas dicas para ela deixar a história ainda melhor.

Deslize um: A autora não enrolou muito para fazer as cartas dois e três aparecerem. Estou reclamando porque ao receber a terceira carta, Emily tem um surto e se tranca no banheiro da escola. Eu adorei a cena, mas ela teria ficado melhor se a autora tivesse feito com que Emily fosse atormentada mais vezes antes desse acontecimento. Ficou meio Bum, rápido demais.

Deslize dois: Num determinado momento um personagem desaparece e aparentemente foi assassinado. Então fica aquele suspense Será que está vivo? Onde está o corpo? Mas isso não acontece, pois antes mesmo de você ficar com a dúvida, Emily menciona que o personagem desaparecido se casa com outro. E pela maneira que ela menciona, nem dá para você acreditar que o personagem fingiu a própria morte para fugir de alguma culpa.
O final ficou óbvio e para um livro de aventura/suspense não é legal.

Deslize três: Esse foi o deslize que menos me "irritou", mas como eu sei que há leitores muito chatos, que se encontram um erro de português começam a pintar a caveira do autor, vou citar os que encontrei, assim a Luana pode corrigi-los.

Acento no lugar errado. Capítulo tem acento agudo na letra I e não na letra A.
Confusão com as palavras Esta e Está
Esta é pronome demonstrativo
Está é verbo.
Erro ortográfico com a palavra Estante
No livro a autora escreveu Instante.

Não estou dizendo que a Luana é uma péssima escritora. Ela tem talento e muito, mas ela pode melhorar.

Onde Comprar: http://www.clubedeautores.com.br/book/49682--O_DIARIO_DE_EMILY_CHRISTINE

Blog da Autora: http://universo-liter.blogspot.com/

Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/208044

2 comentários:

  1. Bom, autores independentes (autora independente falando) comete erros mesmo. Na ansia da gente lançar - e tambem pq as vistas estão acostumadas - nem notamos nossos erros. Mesmo assim, fiquei interessada no livro.. acho que foge um pouco da mesmequice de sempre...
    Lindaaaa resenha

    ResponderExcluir