sábado, 9 de novembro de 2013

(Resenha) Trilogia Jogos Vorazes - Suzanne Collins



Desde o ano passado que ouço falar dessa trilogia. Muita gente elogiando e muitos metendo o pau (Como sempre).
No mês passado peguei a trilogia emprestada como o meu sobrinho, que é louco pelos livros. Acho que todos devem saber sobre o que se trata, mas senão vou contar.

Jogos Vorazes é uma distopia, que conta a história de um país (Panem), que surgiu após uma guerra, que aniquilou os Estados Unidos. Dentro de Panem temos 13 distritos, que cultivam o alimento, minerais e produtos eletrônicos para a Capital. Um lugar cheio de gente superficial e que vive na boa, sem saber ou se importar com a dificuldade que os outros distritos passam.

Num determinado momento o Distrito 13 decide se rebelar contra a Capital e é aniquilado. Como uma maneira de impor a ordem e lembrar aos outros doze distritos que não se brinca com a Capital. Eles criam os Jogos Vorazes. Um Reality Show onde dois jovens (Tributos) do sexo masculino e feminino de cada distrito são selecionados e lutam até a morte. Até sobrar apenas um, que é coroado vitorioso.

Lá no Distrito 12 (O mais pobre) vive Katniss, uma garota que para não ver sua irmã caçula ir aos jogos se oferece como Tributo.
Agora vou dizer o que achei dos livros, personagens e criticar algumas outras criticas.Antes de começar a ler os livros li diversas resenhas e vi até uns vídeos.
Não achei a trama tão bagunçada como li em outras resenhas. Afinal, como vamos saber mais sobre o passado de Panem se o livro é narrado em 1ª pessoa? E quem narra não possui muitas informações, já que a Capital manipula o que se deve ensinar nas escolas? É óbvio que o negócio vai ficar por cima... Bem por cima.

Com relação ao fato de alguns acharem que a parte distópica do livro é fora da realidade, pergunto: Em que mundo vocês vivem? Se olharmos bem ao nosso redor com atenção, veremos que nós vivemos num mundo distópico.

Quando li que algumas pessoas dos distritos recebem Tésseras (Uma espécie de ração) do governo na hora lembrei das famílias brasileiras que recebem o tal Bolsa Família, que na verdade não ajuda ninguém a sair da miséria. Aliás, deixa o povo mais miserável e besta. Já que por causa do beneficio votam no governo de olhos fechados.
A única diferença é que não temos os Jogos Vorazes. Se bem que com a violência que há é como se estivéssemos numa arena.

Também vi muitas criticas sobre a tecnologia apresentada nos jogos e como é ridículo a ideia de não usar essa tecnologia em prol do povo. Novamente vamos olhar ao nosso redor.

O nosso governo tem o poder de melhorar a educação. Seja melhorando os salários e as condições de trabalho de alguns professores nos lugares mais distantes e pobres do país. Ou punindo os professores vagabundos que trabalham na rede publica em algumas capitais, que recebem um bom salário (Pra merda de aula que dão) material para trabalhar, mas ficam o tempo todo coçando ao invés de dar aula. É o que acontece aqui no meu município.

Mas o governo faz? Não. Pra quê? Pra fazer o povo pensar, ter uma boa formação, profissão e não depender mais do bolsa família. Se isso acontecer a Dilma e o PT se matam.

Chega de falar coisas chatas e vamos relaxar.

Personagens:

Katniss – Não a achei uma super heroína. Pra mim, a moça foi fraca, lerda. Um verdadeiro fantoche. É um milagre o cérebro dela ter funcionado na hora da colheita para gritar que se oferecia como Tributo.

Haymitch (O mentor dos tributos do 12) – Apesar de sua bebedeira, o cara ficou mais ligado do que muito personagem sóbrio. Estou falando novamente da Katniss.

Gale – Ô, carinha chato! O cara vive de TPM. Até agora não entendi o que os leitores viram nele.

Cinna – O estilista com estilo e personalidade. Um dos meus personagens favoritos.

Presidente Snow – Apesar de ser o Mussolini da história (Mussolini, porque o Hitler é outro) o cara é astuto, principalmente lá para o final da trilogia.

Presidente Coin – Essa é o Hitler. Mascarada como salvadora, a mulher é um verdadeiro nojo.

Prim – A irmãzinha que é 100 vezes mais legal, inteligente, rápida e madura do que Katniss.

Peeta – Meu personagem favorito. Ele é que devia ter sido o símbolo da rebelião. O cara é rápido no gatilho e sempre sabe o que dizer. Pelo menos ele pensa, coisa que a Katniss não faz.

Um balanço geral dos livros: ATENÇÃO CONTÉM SPOILERS. Agora se você quiser ler, problema seu.

O primeiro livro (Jogos Vorazes) é legal, mas por ser o início de tudo, não chega a ser tão bombástico. É legal ver o que a Katniss (Pelo menos ela tem um ou dois momentos bons) faz para “humilhar” a Capital, mas não chegou a me deixar sem fôlego.

Agora o segundo livro (Em Chamas) é a verdadeira combustão. Com mais ação, mortes, rebeliões, complôs. Enfim... Show de bola.

Talvez por ter gostado tanto do segundo fui sedenta ler o último livro (A Esperança), que é muito bom. Adorei o fato de que os rebeldes, ou melhor, a presidente do Distrito 13 (Coin) é tão podre quanto Snow. É como eu sempre digo... Não adianta tocar o terror, fazer manifestação, porque no final quem é contra o governo sempre fica igual ao antecessor. Não vê a Dilma. Levou porrada do exercito e agora coloca o mesmo contra os que protestam.

Só não vou dizer que o último livro me deixou sem fôlego porque achei a absolvição da Katniss meio esquisita.
É isso que mata ler um livro narrado em 1ª pessoa e que tem o mesmo narrador até o final.
Minha teoria (Já que o fato não tem explicação) é que a Presidente Coin era tão odiada no Distrito 13, que quando a Katniss a matou, acabou fazendo um grande favor a todos. Por isso não foi condenada.

Mas apesar da absolvição, não achei o final dela tão cor de rosa. Afinal, ela e o Peeta têm que começar do zero e tendo que aguentar os traumas, as loucuras e a perda de seus familiares.

No geral a trilogia é muito boa.


2 comentários:

  1. Seguindo e Curtido!
    Retribui?

    http://overdoselite.blogspot.com.br/2013/11/resenha-liberta-me-trilogia-estilhaca.html

    https://www.facebook.com/overdoselite
    Bjus

    ResponderExcluir
  2. Oi adorei.. muito obrigado, me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir