sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

A pergunta que não quer calar... Hermione existe?

Mais um post diferente aqui no blog. Se você que visita o meu blog, também me segue pelas redes sociais, já deve ter visto que eu sempre posto fotos dos meus cães. Alguns devem até achar que sou doente.

Tenho quatro cães. Isso mesmo... Quatro. E todos eles têm nomes peculiares. Vamos começar pela mais velha ao caçula.

Primeiro vem a Pitty, que recebeu esse nome em homenagem a cantora Pitty. Ela tem nove anos e é uma senhora de respeito.
Pitty foi abandonada no jardim de casa. Num domingo de manhã. Adora brincar com bola. Sua obsessão é tão grande, que não dá para passear com ela na rua, pois se aparecer uma bola diante dela, a doida sai correndo.


Algumas fotos.

 

A segunda é a Amy, que é filha da Pitty, que só teve filhotes porque um cachorro pulou o nosso muro. Depois de tal ocorrido, fomos obrigados a castrar todos os cães. Amy recebeu esse nome em homenagem a Amy Lee, vocalista da banda Evanescence.
De todos os meus cães, ela é a única que fica quieta para tirar fotos. E ao contrário dos outros, não curte brincar com bola. O negócio dela é ficar deitada no meio do quintal tomando sol.


Algumas fotos para mostrar o quão fotogênica ela é.


A terceira é a Hermione, e foi por causa dela que fiz este post.
Muitos duvidam que ela exista, ou até mesmo que seu nome seja este. Porém, é verdade. Eu tenho uma cachorrinha chamada Hermione. E acho que nem preciso dizer de onde saiu a inspiração para o nome.
Hermione foi adotada após a morte da Patty. Nós estávamos tristes e quando soubemos que havia filhotes para adoção, minha sobrinha foi lá e trouxe uma bolinha de pelo marrom, que parecia um ursinho de pelúcia. Pena que nós demos banho e a alimentamos depois da meia-noite. Deixou de ser uma coisa fofinha e meiga e virou um gremlin.

Hermione é terrível.  Mordeu tanto a Pitty, que a coitada tem cicatrizes na perna, orelha e focinho. Às vezes até digo que deveria trocar seu nome para Bellatrix, porque a bendita é o verdadeiro demônio. É a campeã em fugas, é a primeira a ficar suja. Não sei como consegue ficar com o pelo gosmento no mesmo dia que tomou banho. Ah! E quando ela me vê dormindo, adora enfiar o focinho na minha boca. Isso quando não pula na minha cama e morde a minha orelha.

Mas apesar de todo o trabalho que ela dá, é a única que não faz coco ou xixi dentro de casa.
Hermione tem um nome tão poderoso, que até conseguiu chamar a atenção de uma pessoa... é... interessante.
Um belo dia eu compartilhei uma foto dela no twitter e algumas horas depois recebi um tweet de volta. Um tweet, que a princípio achei que fosse uma miragem, ilusão de ótica ou loucura mesmo. Eu sigo o cidadão, mas o cara não me segue. Não sei como achou meu tweet. Apenas sei que por breves dez minutos me senti importante. E tudo graças a Hermione. Detalhe... O cara amou o nome da cachorra. Talvez seja cômico, sei lá.

Fiquem com algumas fotos. Ah! E a primeira foto foi a do tweet.

  

E por último, mas não menos importante está o Max. O nosso caçula canino.
Max também foi abandonado no quintal de casa e é o mais bobão e meigo de todos. É só você chamá-lo de felpudo, que ele sai abanando o rabo e deita diante dos seus pés para ganhar carinho. Ele tem medo de pipa e gato. Adora uma bolinha e caçar gelo no pote de água. Quando está muito calor, a água da torneira sai muito quente e por isso coloco umas pedras de gelo na água dos cachorros. O problema é que o Max come todas.


Algumas fotos.

 

Acho que agora ficou provado que minha loucura pelos meus cães  chegou a um nível extremo.

Adoro os meus felpudos. Eles alegram a casa e nos fazem rir. É claro que às vezes nos deixam loucos, derrubando vasos de plantas, virando a lata de lixo, mordendo uns aos outros, ou se escondendo da veterinária, quando é dia de consulta. Sim, meus cachorros têm suas vacinas em dia.  Ah, e eles têm até cama de madeira.  É. Podem nos chamar de desocupados. Afinal, meu irmão, cunhada e sobrinhas também cuidam dos bichos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário