terça-feira, 24 de março de 2015

(Resenha) Ocultos - Vanessa Araújo


Título: Ocultos - Eclipse Sagrado 
Autor: Vanessa Araújo
Páginas: 510
Editora: Independente

Sinopse: A Grande Sacerdotisa de Mystikal estava perdida na Terra, oculta entre os humanos. Os guerreiros que serviam ao seu trono a procuravam, porém, não eram os únicos. O Coven adversário estava em seu encalço, gerando uma terrível batalha quando ambos os grupos se encontraram, uma peleja que não seria vista pelos olhos humanos, mas que bagunçaria tudo ao seu redor. No meio de todo esse embuste, corações se encantam e, da mesma forma, se quebram. Os antigos laços se rompem, e o herdeiro legítimo de Mystikal luta contra o descendente dos Dragões da Lua Negra pelo amor da mesma guerreira...

Resenha:

Este é o terceiro trabalho que leio da Vanessa e tenho uma coisa a dizer... Esse livro é Foda! Desculpem pelo palavrão é que após concluir a leitura, fiquei encantada, extasiada e outros tantos adas.

Quero deixar claro a autora que gostei muito de seus outros títulos "Quebrando as Regras" e "Sinai", porém, não posso negar que "Ocultos" é o supra-sumo. 
Tem todos os elementos que curto, ação, aventura, personagens sarcásticos e magia. 

Fantasia não é um estilo literário fácil de se escrever. O autor deve pesquisar e muito, e é claro, usar e abusar da sua imaginação. Mas tudo isso tendo como base a mitologia. Podemos criar criaturas mágicas ou até deuses com nomes e características próprias, mas nunca devemos esquecer a mitologia original. 

Em "Ocultos" nos deparamos com Kendra, que rima com quenga (Amei essa parte). Kendra, que num primeiro momento é apenas uma louca fugida do hospício. O que não é mentira. A mulher é doida de pedra. Ao lado de seus fieis amigos, Matt, Fred e Nico. Se envolvem nas operações mais arriscadas, que são arquitetadas pelo mafioso Caleb. 

Espera! Mas você disse que o livro tem magia e parece uma trama, meio O Poderoso Chefão.
Calma, meu povo. Esse é o barato em ler os livros da Vanessa Araújo. As coisas nunca são o que parecem ser. E como o próprio nome do livro sugere. Os fatos estão ocultos. Assim como quem é realmente quem na trama.

Quando digo que há magia, não duvidem, pois é o que encontrarão. Poderia dizer como é que o negócio funciona. Quem são os deuses, os semideuses e toda a parte mística da trama. Mas acreditem, fazer isso é spoiler. É preciso ler para entender o mundo de Mystikal. 

Agora vamos a alguns personagens, não todos. Até porque são vários e alguns não aparecem tanto. Talvez nos próximos volumes.

Kendra - Apesar de gostar de suas sacadas sarcásticas. Não foi um dos meus personagens favoritos. E até que gostei do que aconteceu com ela nos capítulos finais. É a prova de que não devemos perder tempo com a mágoa.

Nico - Tão louco quanto a melhor amiga. É o típico cara na dele... Sossegado. 

Fred - Espero que ele tenha um futuro promissor nos próximos livros. Torci pelo cara. Ele merece coisa melhor. 

Caleb - O malvadão ou nem tanto. Não sei porque, mas fiquei com a sensação de que o cara vai virar escravo de um certo ser superior. E se isso acontecer, vai ser bem feito. 

Garner - Amei, amei, amei. Cada vez que a Kendra não o queria ouvir, ficava com vontade de matá-la. Tenho que concordar com a Saphira. Kendra rima com quenga.

Daniel Lopez - A princípio o achei um frouxo, ainda bem que o cara tomou vergonha na cara e fez alguma coisa útil.

Alec - O rapaz não tem papas na língua. Um verdadeiro folgado, mas no bom sentido. 

Saphira - Esse foi um personagem que amei. Não só por causa das patadas que dava na Kendra, mas pela sua aparência.

Rubi - Outra personagem que promete. Seu futuro ficou incerto e estou curiosa pra saber o que vai acontecer.

William - Esse foi um personagem ao qual não dava nada. Parecia num primeiro momento apenas um pau mandado, mas conforme a trama ia avançando dava para perceber quem era e todas as suas perdas, que foram várias. E devo dizer que de todos os personagens, ele é o melhor construído. Não que os outros sejam ruins. Mas toda a sua trajetória foi muito bem desenvolvida. Teve um momento na trama, que julgava que ele falava com a irmã no celular (No presente). Depois de muito botar a minha cachola para funcionar, percebi a verdade. E disse a mim mesma. Fui enganada, e o pior de tudo, é que eu gostei de tal fato.

"Ocultos" é muito louco. E acreditem que isso não é apenas uma palavra. É a mais pura verdade. 
E atenção: É preciso ler com muita atenção. São nos pequenos detalhes, que toda a verdade está.


5 comentários:

  1. Ualllll estou aqui começando minha leitura e deparo com essa resenha fantástica... Mais necessitada ainda de conhecer a história. Parabéns Catalisa... bjsss

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Meio (totalmente) surtada com essa resenha, precisando ir para o mesmo hospício de onde o trio fugiu... hehehe... Contrariando a todos que leram Ocultos, seus preferidos mudaram de foco. Assim como eu, Garner e William são os seus "deliciosos" da trama - acredita que o pessoal curte mais o Nico e o Fred? - Enfim, acho que não escrevi nada com nada no comentário porque ainda estou em êxtase!!!

    Catalina, obrigada por tirar um pouco do seu tempo para apreciar Ocultos. Sua opinião é importante para mim, pois te admiro como pessoa e, principalmente, como escritora.

    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  4. Parabens, adorei a sua resenha e realmente você conseguiu achar mais uma palavra para descrever a obra. Lembro de que quando terminei de ler, fiquei na maior ressaca literária. ( pensando/Lembrando das cenas e dos personagens).
    Adoro todos os personagens que foram apresentados na resenha, mas o meu queridão sem dúvida é o Fred <3 <3
    ...mas uma vez, Parabéns! :)

    Bjs Ju.

    www.taobomquantopizza.com

    ResponderExcluir
  5. Parabens, adorei a sua resenha e realmente você conseguiu achar mais uma palavra para descrever a obra. Lembro de que quando terminei de ler, fiquei na maior ressaca literária. ( pensando/Lembrando das cenas e dos personagens).
    Adoro todos os personagens que foram apresentados na resenha, mas o meu queridão sem dúvida é o Fred <3 <3
    ...mas uma vez, Parabéns! :)

    Bjs Ju.

    www.taobomquantopizza.com

    ResponderExcluir