domingo, 21 de dezembro de 2014

Os Melhores do Ano - 2014



Olá! Último post do ano, Ohhhhhh!!

Hoje vou trazer os melhores do ano, os quase e os... chuta que é macumba.

Separei os livros que li neste ano em três categorias: Os melhores, tinha algo de legal, mas não foi tão legal assim e o chuta que é macumba. Vamos começar: 

Categoria – Os melhores

Esta categoria foi separada em dois grupos: Fantasia/Aventura/Distopias e Suspense/ Romance/ Drama.

Fantasia – Aventura – Distopia.

10 – Despertar – Amanda Hocking
Quando li esse livro estava com poucas expectativas, já que muitas resenhas o mostravam como sendo bobo. Li e descobri que havia assassinatos e um pouco de suspense, e sereias nada angelicais.

9 – Minha Alma Para Levar – Rachel Vincent
Outro livro que não dava nada, mas que no final me surpreendeu. E o melhor de tudo, não aborda anjos ou vampiros. É bom ver que há autores que apostam em outras criaturas sobrenaturais.

8 – Maze Runner – James Dashner
Um livro cheio de ação, mistério e aventura.

7 – Cidade das Cinzas – Cassandra Clare
Quando ouvi falar da Série Os Instrumentos Mortais fiquei curiosa para ver se era tão bom como diziam, e apesar da salada mista. A autora consegue nos prender do começo ao fim.

6 – O Pilar – Josiane Veiga
Conheço o trabalho da Josy há três anos e apesar de gostar de seus livros cheios de temas polêmicos, a autora me surpreendeu com este livro cheio de romance e com deuses e seres mágicos.

5 – Volkodlak – Roxane Norris
Os lobos da Roxane são um máximo e ainda vou ler a continuação.

4 – Filha da Floresta - Juliet Marillier
Um excelente livro pra quem gosta de mitologia celta.

3 – Trilogia Divergente – Veronica Roth
Sim, eu amei a trilogia. Veronica Roth entrou para o meu hall de autores que não tem dó de matar sua protagonista. Ponto pra ela.

2 – Quebrando as Regras – Vanessa Araújo
Um livro confuso, mas que conforme você vai lendo descobre que nem tudo é o que parece ser.

1 – Youkai – Roxane Norris
Uma aposta entre Deus e o Diabo. Alguns anjos, demônios e uma pitada de romance. Como sempre a Roxane me conquista com seus livros.


Suspense – Romance – Drama.

10 - Entre o Agora e o Nunca – J. A . Redmerski
Este foi o primeiro livro New Adult ou Young Adult que li. Pensei que me decepcionaria. Ainda bem que não aconteceu.

9 -  Inferno – Dan Brown
Amo Dan Brown desde que li O Código Da Vinci e não poderia deixar este livro de fora.

8 – Por Que Indiana João – Danilo Leonardi
Um livro sobre Bullying feito sem frescura.

7 – Sinai – Terra da Lua – Vanessa Araújo
Sinai foi um dos livros mais difíceis de resenhar. Tem uma trama complexa, que precisa de uma atenção redobrada na hora de ler.

6 – Versos Sombrios – Bianca Carvalho
Quem disse que suspense e romance não combinam, ainda não leu a Trilogia das Cartas. Amei sua continuação e logo vou ler o desfecho da trilogia.
                                   
5 – Como Eu Era Antes de Você – Jojo Moyes
Está aí um livro que me fez chorar para caramba. Só perde para a cebola.

4 – Vitimas do Silêncio – Janethe Fontes
Um livro que aborda um tema polêmico, mas que a autora soube abordar sem ficar... Blá! Cheio de surpresas e reviravoltas.

3 – Otelo - William Shakespeare
O que uma peça de Shakespeare está fazendo aí? Vocês devem estar se perguntando.
Sim, eu li. E por mais difícil que seja de acreditar, entendi o livro. Li em dois dias, e agora me pergunto por que vinha evitando ler suas peças?

2 – Tenshi – Luciane Rangel e Ana Claudia Coelho
Luciane e Ana Claudia me conquistaram com a trilogia Guardians e quando comecei a ler Tenshi pensei que por não ter o toque da aventura não iria gostar. Ainda bem que me enganei.

1 – Garotas de Vidro - Laurie Halse Anderson
Esse é um daqueles livros que você lê como o coração apertado, e apesar de todo o drama e dor da protagonista não consegue largar, porque você precisa descobri que fim ela terá. Foi isso que senti lendo este livro. Como gosto de dizer “É o copinho da alegria... Horrível e maravilhoso ao mesmo tempo”.


Categoria: Tinha algo legal, mas não foi tão legal assim.

Como o próprio título já diz, o livro era legal, mas devido a um detalhe ou outro acabou sendo um pouco chato. Ainda bem que neste ano só há sete.


Insônia – Mari Scott
Sim, este é um livro nacional. Quero deixar claro que já tinha lido outro livro da Mari (Híbrida), que me agradou, apesar dos erros de revisão, que culpo a editora por não ter prestado atenção. Enfim, Híbrida tem suspense e muito mistério cercando sua protagonista Ellene. Porém, com Insônia a coisa foi diferente. O livro possui uma trama do tipo “Tá na cara” Previsível demais. Mesmo assim continuei lendo, mas o jeito insosso e chato da protagonista quase me fez desistir do livro. Insônia é um livro bom, mas pra mim, não foi tanto.

Feita de Fumaça e Osso - Laini Taylor
Outro livro que tinha tudo pra arrebentar, mas não. O escorregão da autora foi ter nos apresentado uma protagonista forte e que do nada fica besta. Sério, o romance entre Karou e Akira não convence. Numa hora o cara quase a mata e na outra estão batendo um papinho. Não dá pra engolir.

O Oceano No Fim do Caminho – Neil Gaiman
Sempre ouvi falar do Neil Gaiman, e o quanto excelente autor o cara é, mas acho que escolhi o livro errado para começar a lê-lo. Não duvido que Neil Gaiman seja bom. Já assisti aos filmes Stardust e Coraline, que são meus favoritos, mas este livro não conseguiu me prender. O protagonista é interessante, mas a trama me lembrou muito Coraline.

Deslembrança – Cat Patrick
Uma coisa que me deixou revoltada com este livro foi seu final. Calma ninguém tem uma morte trágica. Mas a autora deixou muitas perguntas sem resposta. É claro que é legal deixar um suspense para seus leitores, mas a autora exagerou.


Liberta-me – Tahereh Mafi
Este livro também pode ser comparado ao copinho da alegria... Horrível e maravilhoso ao mesmo tempo. A trama é incrível. O jeito que a autora descreve as cenas são simplesmente maravilhosas. Seu vilão Warner é tudo de bom. Também temos Kenji, um dos bons moços. Cheio de humor e sarcasmo. Porém, a protagonista Juliette e seu namorado Adam são intragáveis. E a leitura acaba ficando complicada já que é Juliette quem narra os acontecimentos. Só pra vocês terem uma ideia, Juliette é tão chata, que Katniss de Jogos Vorazes e Bella de Crepúsculo são mulheres de fibra perto dela.

Desejo dos Mortos - Kimberly Derting
A sequência de Ecos da Morte é legal, mas os mimimis entre Violet e Jay matam o livro.

Julieta Imortal – Stacey Jay
Um livro interessante, que apenas está nessa categoria por causa de uma das cenas finais. A autora quis, a meu ver, tirar uma com a peça de Shakespeare – Romeu e Julieta. Não li a peça, mas de acordo com os que leram. Toda a peça se passa em seis dias. Desde o momento em que Romeu e Julieta se conhecem até seu trágico suicídio. É por causa deste intervalo de tempo tão curto, que algumas pessoas acham a obra ridícula, por dizer que o amor deles era perfeito e inspirador. E acreditem, é mais ou menos essa ideia, que a autora de Julieta Imortal tenta passar. Porém, numa das cenas finais, a protagonista diz que não acredita em amor a primeira vista. Até aí tudo bem, mas logo depois ela diz que para se amar de verdade é preciso três dias. Falou, e eu acredito no coelhinho da páscoa.


 Categoria: Chuta que é macumba!

Bem, esta categoria tem apenas um livro. O motivo? Só li um erótico este ano. Caso contrário teríamos uma lista enooorrrme. E sim, estou fazendo piada dos mocinhos destes livros, que mais parecem elefantes do que humanos.

Peça-me o que quiser – Megan Maxwell
Eu juro que tentei, mas não consigo gostar de livros eróticos. O negócio é difícil de engolir. E não, isto não é mais uma piada referente a sexo. Por isso chuto este livro pra bem longe. 

3 comentários:

  1. Catalina, amiga, obrigada pelo carinho.
    Estou feliz demais, nem sei o que dizer!!!!
    Feliz 2015 para nós!!!
    Beijão!!

    ResponderExcluir
  2. Ter apenas um livro citado em sua lista já seria uma honra absurda... Ter duas das minhas obras nos melhores do ano e em sub-categorias diferentes foi simplesmente fantástico!!! Não palavras para agradecer... Bem, vamos abrir a champagne e comemorar... Que venha 2015!!! \o/

    ResponderExcluir
  3. Fiquei tão comovida por O Pilar está aí, afinal de contas, é um livro infanto-juvenil, tão diferente de tudo que já escrevi. Obrigada pelo seu apoio, Cat ♥

    ResponderExcluir