terça-feira, 6 de janeiro de 2015

(Resenha) Filme - Amantes Eternos




Título Original: Only Lovers Left Alive
Elenco: Tilda Swinton, Tom Hiddleston, John Hurt, Mia Wasikowska e Anton Yelchin.
Direção: Jim Jarmusch
Ano: 2013

Trailer



Este foi um filme que eu enrolei para assistir. Motivo? Achei o trailer muito parado. Meu medo era que o filme fosse um saco. E quando digo “um saco” é no pior sentido.

Graças aos céus o filme foi legal. Calma, isso não quer dizer ruim. Só o achei muito melancólico. Sério. Para assistir você precisa estar com o espírito em boa sintonia, caso contrário, vai ficar deprimida até os ossos.

Mas acho que essa era a intenção do diretor. Abusar da melancolia. É por isso que não dá pra dizer que o filme é ruim. Ele até tem algumas cenas engraçadas. Mas já vou avisando que são cenas de humor negro.

No filme nos deparamos com um casal de vampiros apaixonados (Calma não é nada Edward e Bella). O interessante de Adam e Eve (Isso mesmo) é que os dois se amam, mas não vivem juntos.

Adam é músico, solitário, antissocial e muito melancólico. O cara está de saco cheio da humanidade. Tanto que os chama de zumbis.

Eve, apesar da imortalidade ainda vê o mundo com bons olhos. E é por causa dessa positividade, que ela larga seu lar em outro continente para visitar seu grande amor, que está numa fase nada legal.

O filme passa boa parte mostrando o relacionamento dos dois e seus passeios pela cidade, em bairros abandonados.

A trama só ganha uma chacoalhada quando a irmã de Eve, Ava chega de surpresa e se hospeda com os dois. A garota é o exagero na animação. Até parece que engoliu uma dúzia de latas de red-bull.

Outro ponto bacana foi a trilha sonora. Se você curte música anos 70 (Isso é rock) vai amar.


De todas as atuações apresentadas no filme, eu fico com a da Tilda Swinton. A mulher arrasou. 

Assisti o filme online e a imagem e som estão com qualidade boa. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário