sábado, 13 de julho de 2013

(Resenha) Adeus à Humanidade - Marcia Rubim


Sinopse:  Do que você seria capaz de abdicar para salvar alguém e vivenciar, mesmo que por pouco tempo, um amor jamais sentido antes? Da cura de milhares de humanos? Da própria vida?
Stephanie tinha todos os motivos do mundo para não acreditar em seres míticos ou na felicidade, mas vai descobrir que estava enganada. Sua alma gêmea existe! O problema é que a linha do tempo que a separa do amor eterno é muito tênue. E somente um milagre poderá uni-los novamente.

Resenha:


Vou começar a resenha confessando algo muito feio. Talvez a autora goste ou não. Vamos ver.

Decidi comprar o livro da autora Marcia Rubim por indicação de uma amiga virtual, que no final se mostrou para alguns uma serpente traiçoeira e mentirosa. Quer dizer, menos pra mim. Afinal, ela não me ferrou e também não contei nenhum segredo cabeludo. E os que eu contei, não são mistério para ninguém.

Enfim... Comprei o livro meio que com a pulga atrás do cabelo (Isso mesmo!) a desconfiança foi tanta, que a pulga foi parar no cabelo.
Não sei por que, mas eu tinha a impressão de que "Adeus à Humanidade" era mais um livro ao estilo crepuscular.

Com uma menina sem sal, sem açúcar, sem graça, sem bunda, sem nada e um galã meio... Sou gostoso. Mas no final... Sou ridículo (Desculpa fãs de Crepúsculo).

"Adeus á Humanidade" traz um romance vampiro/humana, mas seus personagens humanos... Reais.
Muitos autores enchem seus personagens de detalhes clichês e no final, eles não parecem reais. Fica uma coisa forçada e chata.

Apesar do livro da Marcia não inovar no tema, ela soube dar ritmo na história e deixar, esta que está escrevendo passar a noite em claro. Só porque não queria largar o osso. É como diz minha sobrinha: "Não é porque o livro fala de uma história de amor, que não pode ser prazeroso".

E agora pago minha língua e minha desconfiança. Fiquei com medo à toa. Nossa! Agora me senti que nem a Stephanie. Fui dominada pelo medo, mas no final cedi e gostei.

Página do livro no SKOOB

2 comentários:

  1. Vamos ver se está funcionando os comentários

    ResponderExcluir
  2. Bem, assim como você,fiquei também surpreendida por essa pessoa, mas não me escandalizo com a sua confissão. rsrs Na verdade, esse tipo de comentário tem acontecido com frequência, e até me envaidece, pois mostra que fui capaz de surpreender alguém e mostrar que não fui mais uma a copiar a saga Crepúsculo. Fico muito feliz por você ter gostado do livro, Catalina, e agradeço pela linda resenha.
    Bjsss

    ResponderExcluir