sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Meus Abandonados

Para dar uma variada e também para dar umas risadas, vamos conferir meus livros abandonados.
Ao contrário de muitos, eu não tenho o menor remorso de abandonar um livro. Se a leitura está chata, fecho o livro e encosto.
Vamos a mina lista:


1 – Amanhecer – Stephenie Meyer

Este livro está encostado pelo simples fato de que Bella conseguiu estourar o meu saco (Que eu nem tenho) com seu jeito songo-mongo de ser.
Apesar de ter lido mais da metade, não tenho a menor vontade de terminá-lo.












2 – Tormenta – Lauren Kate.

Li o 1º livro da Série Fallen numa boa. Confesso que não achei aquela coisa toda, mas foi uma leitura prazerosa e sem estresse. Agora não posso dizer o mesmo da continuação.
Cheguei à página 70 com muito custo. A protagonista (Que já não era lá muito legal) ficou ainda mais insuportável. Se ela pudesse me escutar diria “Para de reclamar a falta do Daniel e se enforca logo num pé de cebola. Assim a série acaba”. Só não o queimei no meio do meu quintal porque minha sobrinha quer lê-lo.

PS: Eu não queimo livro. É maneira de dizer. O máximo que eu faço é trocá-lo por outro no Skoob. Assim ele pode fazer outra pessoa feliz.


3 – Trilogia Irmãos Angelis – Lady Graciosa

Este foi o primeiro nacional que abandonei. E acreditem, eu tentei lê-lo. Não queria encostá-lo por ser de uma autora nacional. E eu sei o quanto dá trabalho publicar um livro no Brasil. Mas não deu. Os personagens são muito clichês e no pior sentido.











4 – Amor Vampiro – Antologia

O problema de se comprar uma antologia é que você encontra 1 ou 2 contos que preste e os outros dá vontade de rasgar e tacar fogo.
Comprei o livro por conter um conto do André Vianco. E como sempre vi elogios ao trabalho dele, decidi comprar.
O conto dele – A Canção de Maria – É incrível. O autor fez ao estilo primeiros contos góticos sobre vampiros. Sem presas ou capas esvoaçantes. Apenas um ser fantasmagórico, que suga a energia vital dos outros.
Outro conto legal é da autora Giulia Moon – Os Dragões Tatuados. Agora os outros... Lia cinco páginas e pulava para o seguinte. Resultado? Mais um abandono.

5 – A Garota dos Pés de Vidro – Ali Shaw

Este livro é o único que abandonei por motivos de força maior.
Para quem não sabe, o livro conta a história de uma menina com uma doença rara nos pés e que está se espalhando pelo corpo. Desesperada para encontrar uma cura, ela viaja até uma cidade melancólica, onde há boatos de uma suposta cura.
O tema é triste, os personagens mais ainda e a cidade com aquele ar melancólico.
Agora junte tudo isso e adicione um evento triste na sua família enquanto lê o livro. Resultado? Abandono na certa. Mas um dia vou tirá-lo do purgatório.





6 – Toda Sua – Sylvia Day

Este é um livro que não vai sair do purgatório nem com reza brava.
Nada contra eróticos, mas essa nova onda que surgiu após 50 tons é muito bizarra. Os personagens são muito parecidos e a temática também.











7 – Desculpa Se Te Chamo de Amor – Federico Moccia

Motivos que me fizeram abandonar o livro:
1- Personagens sem graça
2 – Sinopse engana trouxa
3 – Revisão ou tradução porca (Difícil saber) Essa foi à gota d’água. Você está lendo um diálogo, mas não sabe a quem ele pertence. Fora as frases que são narradas em 1ª pessoa e do nada volta para a 3ª pessoa.







É isso! Espero que tenham gostado =) 


2 comentários:

  1. rsrs Acho que fez bem em abandoná-los. Chega de livros cheios de clichês e mal revisados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Abandono mesmo. Antigamente era mais boazinha, agora não ligo. Está mal feito, vai para a pilha dos abandonados.

      Excluir