quarta-feira, 29 de outubro de 2014

(Resenha) Garotas de Vidro - Laurie Halse Anderson


Sinopse: Lia está doente e sua obsessão pela magreza a deixa cada vez mais confusa entre a realidade e a mentira, mas ela perde totalmente o controle quando recebe a notícia de que sua melhor amiga, Cassie morreu sozinha em um quarto de motel. E o pior: Cassie ligou para Lia 33 vezes antes de morrer.
O que começou como uma aposta entre duas amigas para ver quem ficaria mais magra tornou-se o maior pesadelo de duas adolescentes reféns de seus corpos.

Resenha:

Sabe aqueles livros que te deixam extasiada e completamente sem fôlego. Garotas de Vidro faz isso com você.

O livro não tem romance, não tem suspense. Apenas a mente perturbada de uma jovem obcecada pelo corpo e pelo desejo de ser magra.

A autora faz uma verdadeira exploração pela mente de quem sofre de distúrbios alimentares. Que não se restringem apenas a comida, mas também sobre sua percepção entre o que é real ou não.

Após duas internações em clinicas, Lia parece estar entrando nos eixos, mas com a morte da melhor amiga, com quem teve sérias discussões. A garota começa a se perder novamente.

Lia mora com o pai, madrasta e uma irmã, que é única que realmente tenta ajudá-la. O pai, muitas vezes é imprestável, a madrasta idem, e a mãe, nem se fala.

O legal da trama é que deixa aquela dúvida, do porque uma jovem de 18 anos com tudo pela frente, decide submeter o corpo a fome extrema. Muitas vezes achei que fosse culpa dos pais, outras da madrasta, meio paranoica. E depois cheguei a pensar na mídia e sites, que fazem muitas jovens acreditarem que a verdadeira beleza está na magreza.

Até pensei que pudesse ser essa mania que os jovens de hoje tem em imitar tudo o que o amigo faz, só para se sentir parte da tribo.

Não importa qual foi o motivo que fez Lia sofre com a anorexia. O que importa é seu sofrimento e luta para descobrir quem é e como lidar com seus fantasmas.

Garotas de Vidro é como o copinho da alegria... Horrível e maravilhoso ao mesmo tempo. 

OBS: Não recomendo esse livro para pessoas que estejam sofrendo de depressão. Pois a trama tem diversas passagens pesadas. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário