domingo, 12 de outubro de 2014

(Resenha) Youkai - Roxane Norris


Sinopse: Heilel é um jovem anjo da guarda que tem sua história mudada duplamente num único momento. No dia em que ascende ao cargo de confiança mais alto do Renkai - o plano do julgamento - acaba tendo uma difícil decisão nas mãos: manter sua lealdade a Deus ou salvar sua protegida - uma alma suicida por quem ele cria um vínculo afetivo. Ciente de suas responsabilidades, e não vendo outra saída, ele abdica da honraria e entrega sua alma em troca da dela ao Diabo, que vem exigir pessoalmente seus despojos sobre o julgo. Todavia, a presença de Lúcifer no Renkai não é uma mera coincidência e Heilel - agora nominado Akuma e vivendo no plano terrestre como um Youkai - irá descobrir que há muito mais por trás de uma simples barganha, e que tanto Deus como o Diabo estão envolvidos numa aposta cujo o desfecho pode exigir um preço ainda maior de si mesmo.

Resenha:

Depois de mais de um ano após comprar o livro finalmente encontrei tempo para lê-lo, e como sempre a Roxane não me decepcionou.

Ler seus livros é alegrar os olhos. A cada página vemos que a autora teve um cuidado com a pesquisa.

Não vou mentir que a cultura japonesa não é muito a minha praia. Tudo bem que assistia quando criança aqueles seriados na extinta Rede Manchete, porém já mais velha, acabei abandonando o hábito.

Somente no ano de 2011 comecei a voltar para esse universo. Já li vários livros de autores nacionais, que foram influenciados pela cultura japonesa e até agora não me decepcionei. E já posso adicionar mais um a lista... Youkai.

Na trama conhecemos Heilel um anjo, ou quase isso, a serviço de Deus. Ele é um de seus mais fieis anjos. No dia em que receberia uma alta condecoração, ele descobre de sua protegida, Hanya cometeu suicídio.

Atormentado pelo destino de sua protegida, Heilel oferece sua alma em troca. E com isso, consegue libertar Hanya, mas condena sua alma ao inferno e a servir Lúcifer.

Muitos anos depois, vemos Heilel na terra com um novo nome, Akuma. Ele leva uma vida humana. Com identidade falsa, falsos pais  e  trabalha como médico numa clinica, que além de fazer cirurgias estéticas, também passa seu tempo tentando impedir que o filho de Lúcifer venha ao mundo.

Mas não pensem que isso deixa o diabo furioso, não. Ele não gosta é claro, mas acha interessante essa briga entre os dois. Afinal, ele e Deus fizeram uma aposta pela alma de Akuma, Miguel e Hanya, que adivinhem... Reencarnou e agora está na pele de duas possíveis candidatas. Carine, uma moça que trabalha para Akuma e Aine, uma moça que foi prometida a ele ainda na infância. E adivinhem quem é o anjo protetor da moça? Miguel.

Agora vou falar um pouco dos personagens:

Não quero que a autora me leve a mal, mas Akuma é muito frouxo. Ô, homem complicado. Prefiro o Miguel, pelo menos ele tem estilo. Tá bom que o cara é meio doido, mas pelo menos não comete tantos deslizes como o outro.

Quanto às moças, fico com as duas.  Aine, apesar da pouca idade e de ter tido uma vida ruim, peita o noivo todas as vezes que é besta. Carine também tem uma personalidade bacana. E enfrenta as coisas quando precisa. Como por exemplo, aparecer do nada no apartamento de um estranho com duas passagens de avião e decidida a ir junto.

Gostei como os fatos são soltos pouco a pouco durante o decorrer da trama. Dá aquela sensação, o que vai acontecer agora.

Apesar de ter amado o final, fiquei com aquela sensação de que poderia ser feita uma continuação. Porém, se tratando de Deus e o Diabo, acho que nunca haveria um final conclusivo. Sempre ficaria faltando algo.

Um comentário:

  1. Catalina, fico tão feliz com sua resenha, foi intensa e direta. Adorei o fato de vc entrar na história, e mesmo não sendo histórico - que eu ei que vc gosta - te prendi.
    Obrigada amada pelo se carinho sempre!
    Beijos no coração!
    Roxane

    ResponderExcluir