quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Perguntas Frequentes

Post original do blog Lua Escarlate - Série
Publicado dia 14/11/2011

Semana passada foi a mais louca e gostosa (Não pensem bobagens) da minha vida.
Recebi diversos e-mails com perguntas, criticas, elogios, dúvidas, pedidos e propostas.
Como algumas perguntas eram parecidas e continuam a se repetir. Decidi colocá-las no blog.

Primeiro as perguntas técnicas:

1- Onde os livros estão à venda?
No site Clube de Autores e Bookess

2- Só posso comprar os livros pela internet?
Sim.

3- Os livros estão disponíveis para download?
Sim. Você encontra os links no blog do lado direito da tela.

4- Você tem interesse de fazer um Book Tour da Série Lua Escarlate?
Sim, mas virtual. Posso enviar o arquivo dos livros em PDF.

5- Sou dono (a) de um blog e gostaria de entrevistá-la. Tem interesse?
Sim.

6- Também sou escritor (a) independente. Você poderia ler meu trabalho e avaliá-lo?
Sim. É só mandar o arquivo do livro (de preferência PDF) ou dizer onde posso comprá-lo. Sim, eu compro. É melhor.

7- Você faria parceria com outros blogs?
Sim.

8- Tem interesse em parceria com outros escritores?
Se for para escrever algo, então a resposta é não, mas se for para divulgar trabalhos, sim.

Agora perguntas/comentários sobre os livros (Sim, ainda tem gente criticando por coisas que já expliquei aqui no blog. Mas vou repetir).
Sobre o primeiro livro:

1- Por que você criou uma família de vampiros? Já não basta aquela autora ridícula de Crepúsculo fazer isso.
2- Por que algumas características físicas dos seus vampiros são iguais aos de Crepúsculo?
3- Por que tem um médico vampiro? E por que ele morava em Forks?
4- Eu adoro a Grace, mas você não podia ter criado um cara mais legal pra ela?
5- O relacionamento da Grace e do Paul é muito Bum. E as vezes parece que ela é fria com ele.
6- Lucas tem medo de sangue. É igual a Bella.

Respostas: Quase todo mundo que faz a primeira pergunta não leu o livro ou tem aquele pensamento antiquado dos leitores da Anne Rice (De um vampiro "solitário"). E que fique bem claro, amo Anne Rice. Mas tem gente que lê o trabalho dela e acha que é a "realidade". Eu também achava, até começar a pesquisar material para meus livros, e descobri coisas incríveis. Como por exemplo: Na idade média as pessoas viam o vampiro como um zumbi (feio, sujo), nada de cara lindo e gostosão. Essa imagem foi criada pelos primeiros escritores no século XIX. Para vender livros.
Eu quis criar uma família, porque o motivo de eu querer ler a Série Crepúsculo foi pelo fato de haver uma família de vampiros e até aquele momento nunca tinha aparecido. Mas infelizmente a autora de Crepúsculo não deu a ênfase adequada aos Cullen. A única coisa que eles fazem é proteger a Bella, que nem é da família. É apenas a namoradinha do filho.
E foi por isso que criei os Saint-Claire, queria uma família de verdade.

As perguntas 2 e 3 não posso responder, pois a resposta está no 2º livro, e é uma parte importante.

***
Paul é o personagem mais odiado. O por quê? Sei lá. Paul é bom moço, cuida da irmã, tem um emprego decente. Talvez seja porque ele é muito espontâneo e a mulherada prefere um cara lindo, maravilhoso, gostoso e mais um monte de "oso".
O relacionamento deles é bum, porque quem narra a história é a Grace. A primeira versão que fiz do livro era do Paul narrando. O livro ficou legal, mas tive medo que as pessoas o comparassem com a Bella. E isso eu não queria.
Depois de escrever 15 capítulos com ele narrando, joguei o material fora e reescrevi com a Grace narrando. Na versão do Paul ficaria mais claro o por quê ele corre atrás da Grace feito um idiota e, também não haveria a lacuna de 3 meses que há na versão definitiva.
Para quem leu o 1º livro existe um espaço de mais ou menos 3 meses, desde a inauguração da loja dos St. Claire. No capítulo seguinte ao da inauguração, Grace encontra Paul no centro da cidade e eles se beijam. Na versão definitiva parece repentino, mas durante 3 meses Paul faz planos e mais planos de como encostar a Grace na parede.
Com relação a Grace ser fria, vou resumir em algumas palavras: Grace foi vampira, ela tem mais de 100 anos, viu diversas coisas. Não é uma menina de 17 anos que fica suspirando ao ver um cara bonito. Grace, apesar de amar Paul, dá mais importância a sua família.

Lucas e seu medo de sangue: Admito que retirei esse detalhe de Crepúsculo (Mais um de vários), mas há uma diferença entre ele e Bella.
Em Crepúsculo, a autora faz um drama com o fato da Bella ver sangue e passar mal. O que é (desculpa) besta! É normal um humano ter medo de ver sangue e passar mal.
No caso do Lucas, ele foi vampiro e tem no corpo um implante que o mantém humano. Na hora que ele vê sangue, ele pensa que o implante parou de funcionar, mas depois ele percebe que tem medo ou repulsa à sangue. E o por quê fica explicado no segundo livro.

Perguntas sobre o 2º livro:

1- Por que você disse que lobisomens não existem?
2- Você é a favor da pedofília?(todas as vezes que vejo perguntas assim, eu morro de rir)

Quando disse que lobisomens não existem, foi para fugir do clichê: Vampiros X Lobisomens.
Não tenho nada contra lobisomens, mas o assunto sobre a disputa entre as duas espécies já cansou. E achei que era hora de fazer algo novo.

Não sou a favor da pedofília. Vou explicar o por quê recebi essa pergunta.
No segundo livro há um personagem que é casado com uma moça de 17 anos, e por causa disso ele é motivo de piada.
Num determinado ponto do livro um personagem faz uma piada "maldosa" e com isso ele acaba cuspindo para cima, e o cuspe cai bem no meio da testa. O personagem critico acaba se apaixonando por alguém ainda mais jovem.
Criei esse detalhe para fazer mais piadas, que é a marca registrada da série.

Por enquanto acabou.
Tchau e beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário