segunda-feira, 16 de julho de 2012

"Lendas Urbanas" Literárias

Como quase todos os títulos do meu blog (Que não são resenhas) este é mais um inusitado.

Sigo vários blogs, mas é difícil ter um tempo disponível para lê-los. Então hoje tirei o dia para visitar alguns blogs, ler e comentar.
E foi no blog do autor Sergio Carmach que encontrei a inspiração para este post.

O post era antigo e falava do famoso "Arranca rabo" entre Stephen King e Stephenie Meyer.
Quando Stephen disse que tudo que a Sra. Meyer escreve é ruim e ele rasga elogios para J. K. Rowling.

O comentário causou ódio aos fãs de Meyer, que disseram que o Sr. King tinha inveja e estava gagá.
No post o Sergio cita a comparação de alguns especialistas que Meyer e Paulo Coelho são ruins em igualdade. Tudo farinha do mesmo saco.

Então o Sergio levanta a questão: J. K. Rowling é aclamada, recebeu vários prêmios e honrarias, assim como Paulo Coelho. Será que a Sra. Rowling é tão boa? Ou ela, Meyer e Paulo Coelho é tudo farinha do mesmo saco?

E foi aí que um assunto ressuscitou na minha cabeça: "As lendas urbanas" literárias.
Para quem não sabe o que é lendas urbanas vou citar alguns exemplos.

 - Se você beber leite com manga vai ter diarreia.
 - Não coma bala de goma com coca-cola ou seu estômago vai explodir.

E assim como esses mitos populares existem "As lendas urbanas" literárias.

Conheço duas ou três, mas apenas uma eu consegui provar que é mentira.
Vamos as lendas:

 - Livros best seller são todos jogadas de marketing.
 - Paulo Coelho é o pior autor nacional.
 - Advogados não sabem escrever (Essa eu sei que é mentira)

As três lendas que citei acima foram herança do meu curso de Jornalismo.
Tive professores muito "Sábios" que amavam dividir com os alunos seus pensamentos ridículos.
Eles batiam tanto nessa tecla, que ficou gravado na minha memória.

No ano passado fui convidada pelo Sergio a participar de um Círculo de Autores Leitores. Quando eu vi que iria ler um livro escrito por um advogado, senti uma leve dor de barriga.
Comecei a ler "Para Sempre Ana" e conforme passava as páginas via que meus professores estavam errados.
Sergio é advogado, mas ele sabe escrever.

A respeito dos autores citados: Gosto de Stephen King, apesar de ter lido só livro dele.
Não li até agora nenhum livro atual dele, então não sei se ele está gagá.

Eu adoro J. K. Rowling, não acho o trabalho dela ruim e antes de ler o post do Sergio, eu nem sabia que ela tinha ganhado um título da Rainha Elizabeth II. Eu leio porque gosto das histórias, não por causa dos prêmios.

Stephenie Meyer só escreve porcarias? Não sei.
A série Crepúsculo é regular. Tem alguns itens legais, o que mata é aquele casalzinho chato. Sério! Eu não ligo para o vampiro que brilha. As vezes acho que se a autora tivesse feito uma trama mais intrincada, ninguém ligaria ou notaria para o brilho.

Atualmente estou lendo "A Hospedeira". Estou no capítulo 20 e até agora está legal.
Não sei, mas tenho a impressão de que a autora amadureceu e não cometeu tantas gafes como em "Crepúsculo". Mas primeiro preciso terminar o livro.

E quanto ao Paulo Coelho. Eu comprei um livro dele. Nunca li Paulo Coelho.
Em breve vou ler "Veronika Decide Morrer". Assisti metade do filme e gostei. Vamos ver o livro.
Se for uma porcaria, pelo menos não gastei muito. Apenas 14,90.

É isso! Tchau, povão!

Post que inspirou este: http://sergiocarmach.blogspot.com.br/2011/02/stephen-contra-stephenie-antiga.html

2 comentários:

  1. Eu nem sei o que dizer, pois não entendo muito dessa área.E gostei da postagem.

    ResponderExcluir
  2. rsrs Ótima postagem, Catalina! Gosto do seu modo natural de expor as coisas, sem formalidades ou frescuras :)

    Embora tenhamos estilos diferentes, acho que eu e você caímos no caldeirão da sinceridade quando éramos pequenos, he, he!

    Ah, obrigado pelas palavras que dirigiu a mim :D
    Bjs.

    ResponderExcluir